terça-feira, 9 de agosto de 2016

Candidata ao Troféu Mulher em Evidência 2016: ANINHA FONSECA

Ana Luisa Fonseca (Aninha) – Autobiografia


Nasci em 07 de Agosto de 1995 na cidade de Muriaé. Sou filha de Ezilma Maria da Fonseca e Paulo César Bento Mantovani. Cresci sendo incentivada pela minha avó Dona Maria Ribeiro a ter ligação com a música, cheguei a fazer aula de cinco instrumentos diferentes. A dança também já fez parte da minha vida. Mas desde pequena o que eu sempre amei era fotografar. Não podia ver uma câmera na minha frente que ficava “empolgada”.


 Dito e feito! Hoje sou modelo profissional e é o que eu mais amo fazer na vida e quero fazer isso pra sempre. Hoje além de trabalhar nisso, também curso teatro no Rio de Janeiro. Acho maravilhoso atuar e me vejo fazendo isso até o final da vida. Mas antes de ter uma definição exata do que eu queria, eu passei por indecisões. Quando se está para terminar o ensino médio, essa é a pior pergunta que persegue os estudantes: O que eu vou/quero fazer?! Eu estava convicta de que queria cursar Jornalismo, apesar da falta de segurança, pois é uma profissão incerta, não são todos que conseguem um bom trabalho como jornalista. Depois de muito pensar, acabei entrando em uma área que não tinha nada a ver comigo. Em 2013 comecei a cursar Engenharia Civil na Universidade Cândido Mendes na cidade de Campos dos Goytacazes. Apesar das notas exemplares e de toda a minha dedicação, eu sabia que eu não estava no lugar certo.


Meus trabalhos como modelo foram aumentando, a vontade de ir atrás do meu sonho estava cada vez maior, e então no quinto período da faculdade eu decidi parar. Me questionei várias vezes se eu estava fazendo a coisa certa, mas de uma coisa eu estava convicta: Só vou saber se tentar.


E lá fui eu, me mudei para o Rio de Janeiro para tentar melhores oportunidades como modelo e também para ser atriz. Minha família ficou bastante apreensiva no início, mas se tem algo que eles nunca deixaram de fazer é me apoiar. São meus maiores incentivadores! Minha mãe Ezilma, que trabalha como professora, apesar do salário “baixo”, sempre fez tudo que pôde e o que não pôde para me ver feliz e realizada. Não sei se posso dizer que sempre tive tudo que eu quis, mas sem dúvidas eu tive tudo que precisei. E o mais importante: uma educação rígida.


Quando somos crianças/adolescentes só sabemos dizer que nossos pais são chatos, etc. Mas hoje eu entendo o porquê de tudo isso. Minha mãe sempre me disse: “Em você eu confio, mas nas pessoas não”. E hoje eu entendo porque ela sempre foi tão protetora. Apesar do medo e da tristeza de ficar longe de mim( até porque sou filha única, então o cuidado é redobrado), minha mãe é minha maior incentivadora, melhor dizendo, ela é minha fã número um.


Espero que daqui a uns anos eu tenha muitas outras coisas para acrescentar à minha biografia. Se depender de mim e da minha força de vontade e desejo de vencer, isso com certeza acontecerá.


6 comentários:

  1. Parabéns. Lindo o teu trabalho vc é lindíssima. fotografa muito bem.uma performance perfeita. Além de ser uma menina que merece receber o que busca. Já nasceu pronta... Desejo que vc ganhe o que busca... Que deus te abençoe na sua caminhada...

    ResponderExcluir
  2. Aninha é mais que merecedora! Além de uma beleza indescritível, é um ser humano doce e sabe bem o que quer. Amo a mulher que se tornou e não poderia ser diferente tendo uma mãe carismática e tão bela como a filha!

    ResponderExcluir
  3. Ela é a junção da beleza física, que é radiante com a beleza interior que é encantadora.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo seu profissionalismo ímpar, Aninha! Certamente, seu destaque como "Candidata ao Troféu Mulher em Evidência 2016" é merecedor da vitória. Batalhadora e simples de coração, meu voto é seu. Conheci seu trabalho através das divulgações e postagens de sua Mãezona e tornei-me sua fã.
    Possui uma beleza naturalmente estonteante, além de ser muito carismática!
    A vitória te aguarda, querida, com essa sua evidente essência de modelo de virtudes valiosas.
    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  5. Rosângela Simão Dias14 de agosto de 2016 18:41

    Merece destaque. Criança que vi crescer e hoje se tornou essa bela mulher. Filha de minha amiga de longa estrada.
    Mulheres que estão sempre enfrentando os desafios.

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com os comentários no BLOG DA COLUNISTA . Tanto aqueles que nos incentivam quanto aqueles que nos criticam construtivamente. Mas por favor, quando emitir sua opinião procure sempre se identificar assumindo o que relata. AGRADECIDA!