domingo, 10 de fevereiro de 2019

Nosso Destaque: o simpático sergipano, garçom Wendel





O simpático e alegre garçom sergipano Wendel, merece nosso destaque e gratidão!  Ele, além de  servir os petiscos e geladinhas aos turistas mineiros de Muriaé no Catamarã Croa do Goré, foi parceiro de dança de muitas de nós! Enquanto  apreciávamos as belezas naturais das águas e mangesais, que encantam a todos,   iamos felizes e tranquilos , num passeio rumo ao paraiso Crôa do Goré. O simpático sergipano, numa alegria contagiante  animou  nossa caravana! Seu gingado faceiro ao som das músicas regionais nordestinas movimentou a galera, principalmente nossa turminha...


 Muita animação e alegria!





O local é lindíssimo! 







A cidade mineira de Muriaé ficou conhecida no local, através da "Bolachinha" de publicidade do site nas mãos abençoadas dos sergipanos e de muriaeenses: Daya, Dodora, Zilma, Zezé e Tarcísio, Heloisa Helena, a quem agradecemos o carinho"

Curiosidade


Praia de Croa do Goré é um dos cenários paradisíacos de Sergipe
Croa do Goré é uma praia do litoral de Sergipe. Croa é uma redução da palavra coroa, aquela crosta de terra mais alta, que forma quase uma ilhazinha, e Goré é o nome do dono da ilhota.

 É na orla da Atalaia, um dos cartões postais de Aracaju, que fica a maioria dos hotéis. 
 O catamarã vai beirando as praias de Aracaju, até chegar à orla do pôr-do-sol. Esse é um dos lugares mais procurados por quem não abre mão de sossego. As tardes são sempre contemplativas, mas durante a manhã é o ponto de embarque para um passeio curioso.
 Todos os dias saem os barcos catamarã. O preço por pessoa ,neste final de janeiro de 2019, foi  R$?

O caminho das águas é pelo rio Vaza Barris. De um lado da margem, mansões de veraneio. Do outro, vegetação a perder de vista. O mangue é o paraíso de espécies como o aratu, crustáceo da família do caranguejo.
 Enquanto o catamarã navega, é possível relaxar numa hidromassagem natural, mas o que faz desse um passeio especial são as surpresas ao longo do caminho.
 A primeira surge no meio do rio. É um banco de areia que só aparece na maré baixa. Não é preciso mais nada para um mergulho na água calma e morna. Tem espaço para palhoças bem rústicas


 Além de desfrutar desse pedacinho do paraíso, os visitantes podem conhecer bem de perto os moradores do lugar. O mais famoso deles é o "Goré", um pequeno crustáceo que dá nome ao banco de areia, chamado de Croa do Goré.  O bichinho é ágil e faz tocas em todos os cantos. O Goré é o guia dos pescadores. Quando sinaliza com a patinha, é maré alta chegando e hora de se preparar para deixar a Croa.

 Com bebida gelada e petiscos, o dia seguiu ao sabor da maré.  Retornamos a tempo de saborear  aquele almoço  da  região! 


quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Curiosidades sobre a MANGABA


Mangaba é o fruto da mangabeira (Hancornia speciosa), também chamada de mangaba-ovo. É comestível e utilizado na fabricação de sucos, sorvetes, doces e bebida vinosa. No nordeste é muito apreciada.

É uma fruta típica do cerrado brasileiro e muito encontrada no litoral nordestino. A mangabeira é muito resistente em terrenos áridos e com poucos nutrientes, tem em média cinco metros, mas pode chegar a dez metros de altura. Com formato tortuoso e casca áspera, provém uma boa área de sombra nos períodos que floresce entre os meses de agosto e novembro.


O fruto é pequeno e arredondado e tem similaridade com um pêssego, possui uma polpa branca cremosa, levemente ácida e leitosa com sementes achatadas no interior da polpa, muito saborosa. Daí o nome dado pelos índios tupis, que significa ‘’coisa boa de comer’’.
A época de colheita da mangaba é de Novembro a Janeiro, porém não é difícil encontrar a fruta em outras épocas do ano.



 A mangaba também é comercializada em forma de sorvete, geléias, sucos, polpas, licores e doces.
Além da indústria alimentícia e medicinal, a mangabeira já foi muito utilizada para a extração do seu látex para produção de borracha.


A mangaba pode ser facilmente encontrada em mercados e feiras do nordeste ao sudeste do Brasil, mas no sul Brasil não é muito popular. As folhas e casca da mangabeira também são encontradas em lojas de produtos naturais   O valor energético para 100 gramas é de aproximadamente 43 calorias.

Embora ainda não haja muitos estudos sobre os benefícios da fruta mangaba, algumas comprovações científicas já foram reveladas sobre as suas propriedades, dando ainda mais créditos às crenças populares sobre os benefícios da fruta mangaba, das folhas e tronco da árvore. Confira a seguir:
Propriedades: A mangaba possui uma variedade de vitaminas. Entre, elas estão: Vitamina A e C, B1, B2, além de ferro, fósforo, cálcio, proteínas e fibras.


Benefícios da fruta mangaba – Para que serve 
Embora a ciência não tenha ainda confirmado muitos dos benefícios da fruta mangaba, a seguir estão o que alguns estudos já indicaram, além do conhecimento popular.

É um remédio natural contra hipertensão. Um estudo promissor feito na UFMG com folhas da mangabeira em camundongos hipertensos mostrou que a mangaba tem efeito muito mais potente do que remédios tradicionais para hipertensão, como o Captopril. O chá tem efeito vasodilatador e atua em enzimas que causam a hipertensão. O chá da folha da mangabeira reduz as dores das cólicas menstruais e pode ser utilizado em problemas de pele, como as manchas escuras que aparecem durante a gravidez, lavando a área com o chá. Também se acredita que o seu chá auxilia no controle da diabetes e do colesterol alto. Para problemas com intestino preso, assementes têm poder laxativo, além da fruta conter fibras. Como uma fonte de ferro e vitamina C, a mangaba ajuda a fortalecer o sistema imunológico, reduzindo o risco de adquirir doenças. As cascas têm grande influência em doenças hepáticas, como icterícia e obstruções do fígado e baço. O leite extraído da polpa verde é popularmente conhecido por tratar úlceras, herpes e tuberculose. Deve-se misturar o leite com água e ferver. É um ótimo remédio caseiro para doenças pulmonares, já que é conhecido por soltar o muco dos pulmões. O leite da fruta é utilizado popularmente para tratar osteoporose e em recuperação de fraturas. 

Contraindicações
É muito importante salientar que a mangaba não deve ser ingerida verde. A colheita da fruta normalmente é feita quando ela cai do pé, ou seja, tem-se a garantia de que a fruta esteja totalmente madura, pois quando verde ela é cheia de um leite tóxico que pode causar sérios danos à saúde. Antes de iniciar o uso de qualquer medicamento natural, procure orientação com o seu médico.

Reflexão de hoje


"A vida nos ensina a dizer adeus às pessoas que amamos, sem tirá-las do nosso coração, sorrir para às pessoas que não  gostam de nós, para mostrá-las que somos diferentes do que elas pensam, calar-nos para ouvir, aprendermos com nossos erros, afinal, podemos ser sempre melhores! Fazer de conta que tudo está bem quando isso, às vezes, não é verdade, mas para  acreditarmos que tudo vai mudar, abrindo nossas janelas para o amor. E não temermos o futuro, a lutar contra as  injustiças. Sorrir quando o que mais desejamos muitas vezes é gritar todas as nossas dores para o mundo. Fazer de conta que tudo está bem quando isso mesmo não sendo verdade, possamos acreditar que tudo vai mudar."  
Adaptado de Fênix Faustine

Foto de Tofinho Gusman ao entardecer de  Macaé-RJ na Praia dos Cavaleiros