sábado, 20 de abril de 2013

"Enquanto o palco está iluminado" - Edna Savaget


Senti-me lisongeada e resolvi pesquisar sobre Edna Savaget (1923-1998), por que hoje me disseram que estou parecida fisicamente com essa fantástica mulher de ideias liberais , precursora dos programas femininos . Nem tanto assim, porém só me resta agradecer a comparação!  Ter os traços de uma mulher determinada e carismática  é uma honra!




Dai, pesquisei e achei aqui , que Edna Savaget foi a pioneira apresentadora com o programa que se tem notícias intitulado "Boa Tarde Madame"  na Rádio Nacional, conseguindo impor seu jeito e suas idéias, consideradas"liberais" para a época. Devido o grande sucesso, em 1957 ela estreou na TV Tupi o "Boa Tarde Cássio Muniz". Com a inauguração da TV Continental, foi chamada para ser titular do "Edifício Semina". Na antiga  TV Tupi comandou "Super Bazar", onde não se limitou às frivolidades dos desfiles de moda e aulas de culinária, intercalando entrevistas com escritores, advogados e médicos (ensinava-se parto sem dor, outra novidade na TV). Sendo também escritora, foi a primeira apresentadora a levar literatura para a televisão. Quando a TV Globo foi implantada em 1965,  Edna Savaget foi então convidada para coordenar toda a parte vespertina da nova emissora. E assim foi criado o "Sempre Mulher", primeiro programa feminino da Globo. Logo depois nasceu "Show da Cidade", precursor do "Jornal Hoje". Mas foi na TV Tupi que criou o maior sucesso em programa feminino: "Boa Tarde", que em menos de um ano passou a ser chamado de "Programa Edna Savaget". Em 1977, Edna transferiu-se para TV Bandeirantes, levando a sua fórmula vitoriosa. Depois, foi para a Record, em seguida a TV Educativa.


"Ela encerrou sua carreira na TV Bandeirantes, em 1990, certa de que contribuiu e muito para uma renovação da idéia do que é criar e manter um programa feminino no ar de forma inteligente, onde moda, artesanato e gastronomia podem perfeitamente combinar com entrevistas sérias e de conteúdo com especialistas das mais diferentes áreas e segmentos. afirmando ter chegado o momento de sair do ar: "enquanto o palco está iluminado". "
  
Ainda mais que fui sua fã. Raramente perdia seu programa  na TV Tupi .

Enlace dos advogados Liliane e Delano

Marquei presença no enlace matrimonial dos queridos amigos Liliane e Delano Elizeu

Comigo a noivinha Liliane 



O enlace do casal foi uma festa íntima que aconteceu na tarde do sábado , dia 20 de abril  na Casa da Amizade. Só mesmo para familiares e amigos mais chegados.





  Após a cerimônia civil com a bênção do Padre Tadeu  foi servido um almoço preparado pela equipe de Nádia Beloni ao som de uma música ao vivo para se ouvir e dançar.

Liliane com seu querido pai

 A simpática noiva estava linda radiantemente bela! E o simpático casal super feliz! Parabéns!
Fotos da colaboradora advogada Luciana Archete a quem muito agradeço!

Eu vacinei e você?


Na campanha de vacinação contra a gripe ocorrida no sábado dia 20 de abril, estive aproveitando a importante oportunidade de me vacinar no Posto de Saúde de meu bairro.



O posto de saúde do bairro Santo Antônio, onde resido, está sendo muito bem coordenado e com muitos projetos sociais sendo colocados em prática. Parabéns!


Clique na foto para ler melhor sobre o importante assunto

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Aplausos para as meninas do Helen Keller


Homenageada do dia 20 de abril: Cléria Mazzini

Hoje rendemos nossa homenagem especial a  Cléria Mazzini pela sua data natalícia .  Ela é casada com o empresário Irineu Silva e mãe de duas filhas : Gabriela e Priscila.


 Neste glorioso 20 de abril de 2013, a querida , simpática, determinada empresária, atuante rotariana completa mais um ano de vida. Sempre com um sorriso nos lábios de batom vermelho a mulher assumidamente vaidosa e cheia de charme acaba de ser a mais nova sex---agenária da society muriaeense.


  O site de Coluna Social, através desta colunista a aplaude e agradece a divulgação.
Crédito: rotariana Luciana Archete

Alguns Looks Bregas e Chiques da colunista

Apresento para minhas amigas e queridas seguidoras do Blog da Colunista como fica meu visual em algumas festas que marco presença como colunista do site Muriaé na Web

 












 Viver e não ter a vergonha de ser feliz, essa é minha filosofia de vida!



 A maioria das fotos são da colaboradora advogada Luciana Archete a quem agradeço a companhia e as divulgações

Agradecer é preciso: a quem acessa e divulga

 Agradecer é preciso: a quem  acessa e divulga o site de coluna social Muriaé na Web

Cléria Mazzini

Carlos Magno Oliveira e Júnia Sabrina

 Gabriela Mazzini e seu love

Societys  Marly, Janete Vargas e Diva Ligiero

Comigo, society Juslene Alvarenga

Look do Dia: Pollyany


Pollyany Oliveira, com seu corpão, apresenta um look que foi usado pela Fernanda , vencedora do Big Brother 13 e diz:

"Tô me sentindo uma big brother...só não ganhei um milhão"

quinta-feira, 18 de abril de 2013

FILME NA PRAÇA: "A Marvada Carne"


Parábola que conto para meus netos 4 : O pote rachado

Defeito ou qualidade?
Um carregador de água na Índia levava dois potes grandes, ambos pendurados em cada ponta de uma vara a qual ele carregava atravessada em seu pescoço. Um dos potes tinha uma rachadura, enquanto o outro era perfeito e sempre chegava cheio de água no fim da longa jornada entre o poço e a casa do chefe. O pote rachado chegava apenas pela metade.

Foi assim por dois anos, diariamente, o carregador entregando um pote e meio de água na casa de seu chefe. Claro, o pote perfeito estava orgulhoso de suas realizações. Porém, o pote rachado estava envergonhado de sua imperfeição, e sentindo-se miserável por ser capaz de realizar apenas a metade do que havia sido designado a fazer.

Após perceber que por dois anos havia sido uma falha amarga, o pote falou para o homem um dia, à beira do poço: - Estou envergonhado, quero pedir-lhe desculpas.
- Por quê?, perguntou o homem. - De que você está envergonhado?

- Nesses dois anos eu fui capaz de entregar apenas metade da minha carga, porque essa rachadura no meu lado faz com que a água vaze por todo o caminho da casa de seu senhor. Por causa do meu defeito, você tem que fazer todo esse trabalho, e não ganha o salário completo dos seus esforços, disse o pote.

O homem ficou triste pela situação do velho pote, e com compaixão falou:
- Quando retornarmos para a casa do meu senhor, quero que percebas as flores ao longo do caminho.
De fato, à medida que eles subiam a montanha, o velho pote rachado notou flores selvagens ao lado do caminho, e isto lhe deu ânimo. Mas ao fim da estrada, o pote ainda se sentia mal porque tinha vazado a metade, e de novo pediu desculpas ao homem por sua falha. Disse o homem ao pote:
- Você notou que pelo caminho só havia flores no seu lado do caminho??? Notou ainda que a cada dia, enquanto voltávamos do poço, você as regava??? Por dois anos eu pude colher flores para ornamentar a mesa do meu senhor. Sem você ser do jeito que você é, ele não poderia ter essa beleza para dar graça à sua casa.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

AMADA MIA

Nesse dia de hoje uma palavra fala mais forte que as outras: Saudade.




Mas, quem é que não tem saudade de alguém que já se foi, que deixou a sua marca, o seu brilho em nossas vidas? Continuo com as lembranças do seu sorriso, dos momentos de carinho e de ternura, dos momentos felizes que passamos e agradeço a Deus por  Ele ter permitido que esta pessoa tenha brilhado na minha vida.

 Amada Mia

Amada mía
Después de tantos años
Después de tantas noches compartidas
Después de tantos sueños
Soñados cada dia
Te sigo amando tanto
Amada mía

Tus ojos negros
Se clavan como siempre
Tu beso es una llama
Que aun me quema
Yo sigo siendo el árbol
Y tú la tierra mía
Te sigo amando tanto
Amada mía

Amada mia
Después de tantas horas de camino
Tu sigues siendo playa
Yo sigo siendo río
Y como siempre
Sigo aspirando el aires que respiras
Me sigo enamorando
En cada amanecer

Amada mia
De risas y de llanto
Compañera de tardes amarillas
Luna de media noche
Y sol del medio dia
Serás por siempre campo
Y yo semilla

Amada mia
Un dia del otoño
Se vestirán de blanco mis cabellos
Se quedaran dormidos
Tus besos en mis besos
Y buscare tus manos
Para mecerlos

Amada mia
Después de tantos años a tu lado
Yo sigo siendo brisa
Y tu montaña y llano

Amada mia
Después de tantos mares navegados
Tu sigues siendo orilla


Y yo gaviota


 A morte não é um Adeus, mas sim um Até logo.

Amada Minha

Amada minha
Depois de tantos anos
Depois de tantas noites compartilhadas
Depois de tantos sonhos
sonhadas a cada dia
Te sigo amando tanto
Amada Minha

seus olhos VERDES
está preso como sempre
Seu beijo é uma chama
que ainda me queima
eu ainda sou a árvore
E você minha terra
te sigo amando tanto
Amada Minha

Amada minha
Depois de tantas horas de caminho
Você ainda é praia
e eu ainda  rio
E como sempre
 respiro o  mesmo ar que respira
continuo eamorado
A cada amanhecer

Amada minha. de risos
e de lágrimas
companheira tardes coloridas
lua da meia-noite
e sol do meio-dia . Será sempre
campo
E eu semente

Amada minha
um dia do outono
Se vestirão de branco meus cabelos 
 cair no sono
seus beijos em meus beijos
 procuro suas mãos
Para abraçar

Amada minha
Depois de tantos anos ao seu lado
ainda sou brisa
 você montanha e  planície

Amada minha
Depois de navegar muitos mares
 ainda é a areia
E eu a Gaivota






Vá de Clutch


Sempre ligadas nas tendências da moda, as celebridades adotaram a clutch como acessório predileto do momento. A preferência das famosas é compreensível, já que a clutch apesar de pequena, deixa até os looks mais básicos, cheios de estilo.



Como é um modelo de bolsa-carteira, o espaço reduzido da clutch serve para acomodar somente o essencial. Por isso, a bolsinha clutch é uma boa pedida para usar em festas e na balada.

Mas a variedade de cores, tamanhos e materiais encontrados por aí são um convite quase irrecusável para usar as clutches sem medo, em qualquer ocasião.



Existem modelos estruturados, modelos lisos, estampados, há também os mais ousados e também os mais clássicos para mulheres que gostam de tons neutros e recortes mais discretos. Seja qual for o seu estilo, sempre haverá uma clutch que combina com o seu look.

Para dar uma valorizada em produções básicas tanto durante o dia como à noite, a melhor escolha são modelos de clutch mais sofisticadas, com estampas e cores alegres.



Se a intenção for um look mais chique e sofisticado, abuse da clutch com muito brilho, aplicações e em materiais finos. Para produções mais carregadas, invista nas clutches de tons neutros e lisos para dar uma equilibrada no visual.

Tendência da Moda: Superfícies brilhosas para os jeans.

  As resinas metalizadas estão em evidência nos lançamentos de inverno 2014. Dentre as principais propostas, destaque para tons de prata e dourado e suas variações, aplicados por meio de resinas por impregnação e tingimentos intensos. Outras técnicas, como os processos de resinagem por coating, ou seja, a criação de uma camada muito fina de resina com micropartículas de glitter aplicadas por meio de uma racla, chamaram a atenção nos desfiles internacionais






Em película dourada, a skinny da AG Jeans destacou a técnica foil, sinalizando regularidade em sua superfície. Em Toronto, o modelo da marca Joe Fresh trouxe a estampa camuflada em nuances metalizadas de cinza e preto, uma interessante sugestão para o jeanswear.



Na campanha da Lee, a resina back comprovou a preferência para o brilho emborrachado. Já na passarela da DL 1961, a resina dourada em nuance mais clara sinalizou irregularidades.


Coatings e foils são as técnicas mais utilizadas
by Kelly Neiva  com fotos divulgação e firstVIEW

terça-feira, 16 de abril de 2013

Parábola que conto para meus netos 3 : O amor



 Em uma sala de aula havia várias crianças. Quando uma delas perguntou à professora:-
 Professora, o que é o amor?

A professora sentiu que a criança merecia uma resposta à altura da pergunta inteligente que fizera. Como já estava na hora do recreio, pediu para que cada aluno desse uma volta pelo pátio da escola e que trouxesse o que mais despertasse nele o sentimento de amor.As crianças saíram apressadas e, ao voltarem, a professora disse:

- Quero que cada um mostre o que trouxe consigo.
A primeira criança disse:
- Eu trouxe esta flor, não é linda?
A segunda criança falou:
- Eu trouxe esta borboleta. Veja o colorido de suas asas, vou colocá-la em minha coleção.
A terceira criança completou:
- Eu trouxe este filhote de passarinho. Ele havia caído do ninho junto com outro irmão. Não é uma gracinha?
E assim as crianças foram se colocando.

Terminada a exposição, a professora notou que havia uma criança que tinha ficado quieta o tempo todo. Ela estava vermelha de vergonha, pois nada havia trazido.
A professora se dirigiu a ela e perguntou:
- Meu bem, porque você nada trouxe?

E a criança, timidamente, respondeu:
- Desculpe, professora. Vi a flor e senti o seu perfume, pensei em arrancá-la, mas preferi deixá-la para que seu perfume exalasse por mais tempo. Vi a borboleta, leve, colorida! Ela parecia tão feliz que não tive coragem de aprisioná-la. Vi também o passarinho caído entre as folhas, mas ao subir na árvore notei o olhar triste de sua mãe e preferi devolvê-lo ao ninho. Portanto, professora, trago comigo o perfume da flor, a sensação de liberdade da borboleta e a gratidão que senti nos olhos da mãe do passarinho. Como posso mostrar o que trouxe?

A professora agradeceu, pois ela fora a única criança que percebera que só podemos trazer o amor no coração.

(Desconheço o autor)

Convite recebido: Chiquititas



O SBT convida para a apresentação oficial do elenco de Chiquititas, nova novela de Iris Abravanel,  que será realizada para a imprensa durante café da manhã na próxima terça-feira, dia 23 de abril, às 10h, na sede da emissora, localizada na Avenida das Comunicações, 4, no bairro da Vila Jaraguá, em Osasco.
Confirme a presença de seu veículo até sexta-feira, 19 de abril, através deste e-mail ou do telefone (11) xxxx-1917.